domingo, 12 de dezembro de 2010

NOTICIAS PELO MUNDO.

Estocolmo foi alvo de tentativa de ataque terrorista, diz ministro sueco

Declaração foi feita pelo ministro das Relações Exteriores, Carl Bildt.
Dois veículos foram usados em atentado na zona central da capital sueca.

Do G1, com informações de agências internacionais
 
As duas explosões que ocorreram em uma zona comercial de Estocolmo, na Suécia, neste sábado (11), foi uma preocupante tentativa de ataque terrorista, segundo afirmou  o ministro sueco das Relações Exteriores, Carl Bildt, em mensagem publicada em sua página no serviço de microblog Twitter.

A agência Reuters divulgou um vídeo do local após as duas explosões. Veja ao lado.
"Houve uma muito preocupante tentativa de ataque terrorista em um setor muito povoado do centro de Estocolmo, que fracassou, mas que seria realmente catastrófica", escreveu Bildt.

As fontes policiais ainda não precisaram a causa das explosões, que ocorreram às 17h20 hora local (14h20 no horário de Brasília), mas não descartaram a possibilidade de se tratar de dois carros-bomba, que estavam 400 metros separados. Um homem morreu e pelo menos duas pessoas ficaram feridas. Não foram divulgadas as identidades.

O local das explosões fica em uma região central da capital sueca e próxima ao Concert Hall, onde, nesta sexta-feira, ocorreu a entrega dos prêmios Nobel 2010.
Policiais examinam o corpo de um homem no centro da cidade de Estocolmo.
Policiais examinam o corpo de um homem no centro da cidade de Estocolmo. (Foto: Fredrik Persson/AP)
 
A área foi isolada pela polícia sueca, que efetuou um amplo desdobramento e impediu a passagem de pessoas.

Durante esta tarde, a agência de notícias sueca TT afirmou que recebeu, bem como a polícia, um e-mail dez minutos antes das duas explosões. A agência disse que a mensagem tinha arquivos de áudio em árabe e sueco, anexados.

Segundo a agência, a mensagem era direcionada ao país e aos suecos e falava sobre o silêncio da Suécia a respeito das caricaturas do profeta Maomé feitas pelo artista Lars Vilks e sobre a presença sueca no Afeganistão. A caricatura mostrava o profeta Maomé com corpo de cão.

Um porta-voz da polícia sueca disse à BBC News que o carro continha latas cheias de gás e que pegou fogo após a explosão desses objetos.

Na capital sueca foi realizada, neste sábado, o último ato relacionado aos prêmios Nobel, um jantar de gala oferecido no Palácio Real aos agraciados pelo rei Carlos XVI Gustavo da Suécia.

Do jantar participaram os ganhadores do Nobel de Economia, Física, Química e Literatura.

Alerta de segurança
A Suécia havia mudado em outubro seu alerta de segurança de baixo para elevado, por supostas "alterações de atividades" de grupos baseados no país que poderiam estar planejando ataques.

O país fizera um alerta a seus cidadãos para possíveis ataques terroristas e recomendara cautela especialmente no transporte público ou em locais turísticos.

Com informações da EFE, da Reuters e da BBC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário