sábado, 20 de novembro de 2010

SAÚDE.

Adolescentes têm o dobro de chances de fazer dieta se a mãe também faz por Tamirys Collis

Sexta-feira, 19 de Novembro de 2011.

Uma pesquisa recente realizada na Inglaterra mostrou que as adolescentes têm duas vezes mais chances de começar a fazer dieta se suas mães vivem controlando peso. O estudo foi feito com mais de 2.500 britânicas de 13 a 19 anos e mostrou um quadro preocupante das pressões a que essas jovens são submetidas para ficarem magras.
Comentários de parentes, atitudes de amigos e fotos de celebridades (que geralmente têm corpos impecáveis) levam 15% das adolescentes a começar a fazer dieta. E para provar o quanto a influência da mãe pesa nesse aspecto, a pesquisa apontou que 35% das jovens que vivem de dieta seguem o exemplo de casa. Muitas das garotas que cresceram vendo a mãe fazendo dietas e mais dietas também adotaram esse comportamento.

Ainda de acordo com o estudo, 93% das 2.500 garotas entrevistadas disseram estar preocupadas com o peso. A idade média das meninas que participaram da pesquisa era de 15 anos e mesmo com a pouca idade, um quarto delas afirmou ter um amigo com distúrbio alimentar e mais de três quartos disseram que seus amigos fazem dieta.

Para o site Daily Mail, especialistas em obesidade e comportamento familiar disseram que as mães precisam ter consciência de que todas as neuras e preocupações excessivas com a perda de peso são absorvidas pelas crianças, que acabam adotando o mesmo comportamento. E o resultado dessa preocupação precoce com o corpo e o peso pode refletir no risco de desenvolvimento de doenças como anorexia, bulimia e regimes severos que podem interferir no processo natural da puberdade.

De acordo com a nutricionista Eliane Romantini, o ideal é que as mães dêem bons exemplos de alimentação, digam desde cedo a importância de consumir legumes, verduras e frutas, expliquem que gorduras, frituras e doces devem ser consumidos com moderação, mas tudo isso sem pressão e sem passar para as crianças uma busca exagerada pelo corpo perfeito. "Mesmo porque, é normal que na puberdade as garotas passem por transformações físicas e biológicas. Não é bom que elas façam nenhum tipo de dieta severa e sim aprendam a comer de uma maneira saudável e isso tem que partir da mãe", finaliza a especialista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário